O Segundo Isaías (Is 40-55): A Esperança que Brota do Árido Chão – Parte 3 – A Estrutura Literária do Segundo Isaías

Por Hermes Fernandes

Em dois comentários anteriores, tratamos de uma breve introdução ao Segundo Isaías e do contexto histórico e antropológico que serve de base para a profecia e construção literária deste segundo momento do que chamamos a Grande Obra, ou seja, todo o Livro de Isaías. Ainda devemos lembrar que o livro que recebe o nome de Isaías se divide em três livrinhos, os quais, chamamo-los de Primeiro, Segundo e Terceiro Isaías. O que estamos a estudar nesta série de pequenos comentários trata-se do Segundo Isaías, isto é, dos capítulos 40 a 55.

Neste conjunto, podemos perceber duas partes principais, sendo elas, do capítulos 40 ao 48 e do 49 ao 55. Nestes blocos ainda identificamos uma introdução, um resumo revisional e uma conclusão. Neste sentido, podemos dividir o livrinho do Segundo Isaías assim:

  1. 40,1-11: Introdução – Apresentação do tema do Novo Êxodo e da Palavra de Deus.
  2. 40,12-48,22: Primeira Parte – A Libertação e o retorno à Jerusalém, tendo como modelo o Êxodo. Nesse bloco, Javé é apresentado como Senhor da História.
  3. 49,1-55,5: Segunda Parte – O Projeto de Reconstrução de Jerusalém. Aparece a figura do Servo Sofredor e a Cidade de Jerusalém como símbolo de identidade do Povo de Deus.
  4. 55,6-13: Resumo Final – O poder da Palavra de Deus e a realização do Novo Êxodo.

Sobre a construção do texto do Segundo Isaías, podemos dizer que certamente recebeu sua redação final após muitas releituras nas comunidades pobres de Judá, especificamente, nas comunidades do Terceiro Isaías (Is 55 a 66). Há muita semelhança entre esses dois grupos em sua forma de se expressar literariamente, assim como, sua releitura histórica. O grupo do Segundo Isaías sofreu muito sob o jugo da Babilônia e o grupo do Terceiro Isaías foi esmagado pela exploração da elite judaica e pelo Império Persa. Todavia, as duas comunidades conservaram a memória do Deus da Vida, do Deus Libertador, e a vontade de viver a partilha e a solidariedade. É assim que o povo se faz gente e se faz forte!

(Continua)

Publicações anteriores sobre o Segundo Isaías:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: