Vou contar tudo pra sua Mãe, Jesus…

Um dia, um menino de cinco anos entrou em uma farmácia correndo e disse ao farmacêutico: “Senhor, aqui está todo o dinheiro que eu tenho. Por favor, me dê um milagre”.

O farmacêutico, surpreso, perguntou-lhe: “Qual milagre você quer e pra quê?”

O pequeno respondeu: “O médico disse que a minha mãe precisaria de um milagre para se curar. Aqui está todo o dinheiro que poupei para comprar uma bicicleta, mas eu amo a minha mãe e quero que ela fique bem. Por favor, me ajude. Esse dinheiro é o suficiente?”

O farmacêutico, muito comovido, respondeu-lhe: “Não tem na medicina este milagre para curar sua mãe, mas se tivesse eu te daria sem cobrar um único centavo”.

Depois acrescentou: “só Jesus, o Filho de Deus, tem este remédio especial”. E convidou o menino para ir à Igreja pedir.

O menino correu como um raio até a Igreja. Chegou em frente ao crucifixo perto do altar e disse: “Eu sei que você está nessa cruz, que te dói e que não tem muito tempo pra mim, mas o farmacêutico me disse que o milagre da minha mãe só você tem! Você sabe o quanto eu amo a minha mamãe, aqui está todo o dinheiro que eu poupei para uma bicicleta. Dou-te e prometo ajudar-te a descer da cruz, mas por favor, ajuda-me!” Exclamou o pequeno garoto.

Infelizmente o Jesus da Cruz não respondeu, não se ouviu nenhuma palavra, por isso a criança gritou: “Se não me ajudares, eu irei chorar com a tua mãe, a Virgem! Se tu também amas a tua mamãe como eu amo a minha, ajuda-me e dá-me o milagre. Eu prometo voltar o mais rápido possível para ajudá-lo.”

O padre, que tinha ouvido o grito da criança, aproximou-se e convidou-o para falar em voz baixa, com Jesus. Explicou-lhe que Cristo o ouve mesmo que não responda diretamente.

Comovido com a criança, o padre decidiu acompanhá-lo até em casa.

Ao longo do trecho, a criança explicou ao padre o quanto queria que a mãe ficasse boa. Disse-lhe que ela era tudo para ele e que só Jesus tinha o milagre que poderia curá-la, como lhe tinha explicado o farmacêutico.

Chegando em casa, o menino encontrou a cama de sua mãe vazia. Olhou e a viu sair da cozinha. A mãe sorriu e disse-lhe: “O médico que veio visitar-me curou-me e te deixou seus cumprimentos. Me mandou te dizer que ele também ama muito a mãe dele. Filho, como você conheceu esse médico?”

Então o padre com lágrimas nos olhos disse à criança: “Ele fez o que você pediu, e chegou antes de nós”.

Lembre-se: Nossas orações, lágrimas do nosso coração, nossas mágoas e lamentos são sempre ouvidos pelo Senhor.

Amor é confiança…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: