Que significa tomar o Reino dos céus com esforço?

Por Aila Andrade

Em Mt 11,12 lemos:

“Desde os dias de João Batista até agora o reino dos Céus é tomado por esforço,
e os que se esforçam se apoderam dele”
.


1) Situando o versículo

Jesus dá instrução aos discípulos e sai a ensinar e pregar pelas cidades (Mt 11,1). João está preso e envia seus discípulos a perguntar se Jesus é o messias (Mt 11,2-3). Jesus cita os sinais messiânicos (Mt 11,5) e com isso diz que não precisam esperar mais o messias; ele já chegou. Jesus elogia João Batista (Mt 11,7-11).


2) A argumentação de Mateus

a) “Desde os dias de João Batista até agora”.

As profecias falavam do Reino, mas para um futuro distante. No tempo de João Batista houve uma mudança notável: o Reino estava sendo proclamado, embora ainda não tivesse sido estabelecido. O Batista veio antes e anunciava a proximidade do Reino, convocando a todos ao arrependimento para que assim pudessem tomar parte nele. Dessa forma é que os Profetas e a Lei (ou seja, a Torah) profetizaram até João (Mt 11,13).

b) “Agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele”.


A Lei e os Profetas fortaleceram a esperança e a fé. Agora, o Espírito impelia, a todo custo, os seguidores de Jesus contra toda dificuldade e contra toda oposição que pudesse atingir o Reino de Jesus, um rei rejeitado. Visto que o Rei tinha sido rejeitado, agora só com esforço se poderia entrar no Reino. Pois se Jesus, o Rei, fora tratado assim pelo mundo, como não tratariam seus amigos? Fazer parte de um Reino rejeitado por este mundo não é fácil. A porta estreita é a única entrada. Mas “os que se esforçam se apoderam dele”, ou seja, participam dele. Os sábios judeus já diziam que é necessário esforço para ter parte no Reino.


3) Conclusão

Algumas edições, em vez de “tomar por esforço”, traduzem o verbo grego por “sofrer violência”, pois o termo biazo significa “usar a força” ou “aplicar a força sobre algo”. Este versículo de Mateus traz o verbo biazo na forma biázetai que pode ser tanto a voz média como a passiva. Por isso, algumas edições traduzem a expressão por “sofre violência” e o versículo fica assim: “Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus sofre violência, e os violentos se apoderam dele”. Mas esta tradução não parece boa, afinal, segundo a tradição bíblica, os violentos jamais se apoderarão do Reino dos Céus. Melhor traduzir assim; “Agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele”.

A Autora

Aíla Luzia Pinheiro de Andrade nasceu em Castelo (Piauí). É licenciada em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará, bacharel em teologia e mestre e doutora em Teologia Bíblica pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia – FAJE – em Belo Horizonte. É membro do Instituto Religioso Nova Jerusalém e professora da Faculdade Católica do Ceará.

Colaborou: Fique Firme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: