Colo de pai

Senhor,
Socorre meu coração amargurado,
Sem esperança e sem destino…
A dor invadiu o mais profundo de meu ser
E tudo parece escuridão e vazio.
Ouve meu clamor, mesmo que mudo.
Livra-me da sede de partir desta vida em busca da alegria perdida.
Sossega minha alma, alivia meu pranto, me estende tua mão.
Que eu não precise partir para que me percebam como pessoa,
Humana, frágil, sensível e com sede de vida…
Senhor, que eu possa te ouvir
E sentir teu amor
No abraço afetuoso de alguém que busque me entender
Sem preconceitos, padrões e normas…
Acalma meu ser, alivia minha dor
E me acalenta no teu colo de pai.

Luciana Silva

Valmir Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: