Rosto e responsabilidade na filosofia da alteridade em Emmanuel Levinas

Por Daniel Ribeiro de Almeida Chacon

O presente artigo quer apresentar os aspectos fundamentais da noção de rosto presentes na ética da alteridade proposta por Emmanuel Levinas. Nesse sentido, a partir da categoria da alteridade, a questão da responsabilidade radical por outrem irá emergir como importante elemento da filosofia levinasiana. Com efeito, devido à originalidade e a influência deste novo caminho, percebe-se a urgência de transcender as solitudes discursivas, repensando o lugar do outro na reflexão filosófica. As considerações desta pesquisa se põem na perspectiva de que a relação entre ética e responsabilidade por outrem constitui um complexo e essencial drama para o campo de pesquisa filosófica. 

Para ler o Artigo Completo, clique no link abaixo, acessando o texto no site original de sua publicação:

https://revistaseletronicas.pucrs.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: