Os Personagens Cruéis da Bíblia – Ensaio sobre a Panfletagem na Bíblia e nos Dias de Hoje

Por Pe. Zezinho

A Bíblia é um livro muito realista. Às vezes exagera nos números, mas conta quase tudo. E não omite o fato de que muitos personagens eram selvagens e cruéis em nome da sua fé no Deus guerreiro que os autores chamavam de Javé .

Se você de fato já leu a Bíblia com atenção, então já percebeu que os autores dos mais diversos livros atribuem a Javé as selvagerias dos grandes líderes dos hebreus ou de Israel.

A lista é assustadora. Queimavam, serravam, passavam a fio de espada mães e filhos, crianças, anciãos e cidades inteiras . Gente boa e pacífica como o povo de Lais era traída e depois passada a fio de espada.

Moisés mandou matar 3 mil idólatras. O profeta Elias mandou matar 45O sacerdotes de Baal que já tinham sido derrotados. Abimelec, Sansão, Davi, Salomão, eram impiedosos . Governavam com mão de ferro. Matavam parentes e irmãos pelo trono! Matavam mães e esposas . Num caso um irmão matou todos outros. Haviam aprendido com o pai que era sem misericórdia em nome de Javé.

Não aceitavam nenhuma reprimenda de um parente ou súdito! E usavam o nome de Javé para justificar seus desvarios. Alguns eram doidos varridos! Mas eram reis e ” Javé” os escolhera.

No meio de tudo isso, havia os bons. Mas era muito difícil ser bom naquele tempo. A lei era da vitória sem perdão e da revanche sem misericórdia!

Se você nunca leu a Bíblia por inteiro vai ver como usavam a palavra Javé para justificar seus massacres . Era útil para eles cultivar um Deus único e guerreiro que queria o sangue dos inimigos.

Na política de hoje, os nomes liberdade, democracia são usados para justificar roubos, rombos e mortes, calúnias e mentiras, desde que o partido chegue ou permaneça no poder .

A selvageria continua! Quem pode mais manda mais e quem discorda vai para a cadeia, ou aparece morto!

Naquele tempo, como hoje, os “jornalistas” tomavam partido! De um jeito ou de outro, estavam a serviço de uma elite . Israel não tinha nem 12O mil habitantes, mas o cronista falava de um exército de 1 milhão e trezentos mil homens!

Hoje, igrejas pequenas falam de 30 milhões de adeptos quando não passam de 3 milhões. Como ninguém vai contar e são eles que se auto- publicam os 300 mil tornam-se três milhões . E a marcha de 150 mil torna-se 5 milhões.

E daí? Ninguém contesta! Os números servem para glorificar os mentirosos.

Aprenda a ler a Bíblia e os números das correntes políticas. E veja quais as revistas e jornais estão publicando estes números!

Seja um crente cristão e um cidadão inteligente. Não engula as estatísticas do passado, nem as de hoje! Alguém mentiu ou exagerou. Alguém mente ou exagera!

O episódio do pseudo milionário EIke Batista é exemplo desse tipo de panfletagem de pilantras. A esquerda mostrou o Eike ao lado do PSDB e do PMDB. E a direita mostrou-o ao lado do PT, da Dilma e dos aliados do PT.

E os adeptos divulgaram apenas as fotos que comprometiam o outro partido!

Isso vem desde os tempos bíblicos! Que falta faz a verdade quando as pessoas vivem de panfletagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: