Judaísmo e Cristianismo – Parte 65: A Pergunta e Resposta (Sheelá – Teshuvá)

Por Philippe Haddad [1]
Tradução de Pe. Fernando Gross

Literalmente essa expressão significa “questão-resposta” e afirma a correspondência entre um fiel e seu rabino, a fim de esclarecer o primeiro sobre um tema difícil da tradição judaica, e de um modo particular, sobre a conduta a seguir no rito. A dificuldade para o fiel encontrar uma resposta é dupla: sua ignorância em geral do Talmud, pois era preciso ter percorrido todo ele para bem saber as nuances rituais e também por causa do aspecto inovador de seu problema em relação à época do Talmud (a eletricidade, por exemplo, não existia). O exílio, as preocupações econômicas faziam com que os novos judeus não tivessem tido possibilidade de aprofundar essa sabedoria dos antepassados e por isso escreviam aos seus rabinos para obter as respostas devidas. Depois do encerramento do cânon do Talmud, milhares ainda dessas respostas foram enumeradas, algumas dentre elas ainda se encontram sob a forma manuscrita.

____________________
[1] As publicações desta série sobre o Judaísmo são extraídas da obra do Rabino francês Philippe Haddad, no livro: Como explicar o judaísmo aos meus amigos. A tradução é de Pe. Fernando Gross. In: www.judaismoecristianismo.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: