Dom Armando Bucciol oferece três dicas para viver o Mês da Bíblia o ano todo

DOM ARMANDO BUCCIOL OFERECE TRÊS DICAS PARA VIVER O MÊS DA BÍBLIA O ANO TODO

A Igreja no Brasil celebra neste ano de 2021 a 50ª edição do Mês da Bíblia. No texto base preparado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil para a edição deste ano, há a lembrança de que, nas três primeiras décadas, as celebrações do mês temático “eram efusivas e calorosas em quase todo o Brasil”. Em seguida, é feita a pergunta: “como podemos reavivar o ardor bíblico em nossas comunidades?”

A aposta da Igreja para recobrar esse ardor é por meio da animação bíblica da vida e da pastoral. Neste ano, a CNBB aprovou o texto de estudos número 114 – “E a Palavra habitou entre nós” (Jo 1,14) – e ressalta que a vida pessoal e missionária dos discípulos de Jesus devem ser sempre motivadas e inspiradas pela Palavra de Deus.

O bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA) e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico Catequética da CNBB, dom Armando Bucciol, oferece três dicas para que viver a proposta do mês da bíblia o ano todo.

Dom Armando recorda a exortação apostólica Verbum Domini, do Papa Bento XVI, a qual ensina que a Igreja funda-se sobre a Palavra de Deus, nasce e vive dela, “portanto, quando falamos de animação bíblica da pastoral, significa que a nossa vida pessoal e missionária deve ser sempre motivada e inspirada pela Palavra”.

Confira as três dicas para viver o Mês da Bíblia o ano todo:

Consciência

A primeira dica é que cresça a consciência de que os discípulos de Jesus precisam conhecer o mestre, seguir seus passos e conformarem suas vidas à vida dele.

Que cresça na mente e nos corações de todos os discípulos e discípulas de Jesus que é Ele que precisamos conhecer, seguir seus passos, conformar a nossa vida à Sua. O cristianismo pede, acima de tudo, a acolhida de uma pessoa: Jesus, o filho de Deus. Ele dá à nossa existência terrena novo rumo, sabor e sentido. Abre horizontes de plenitude e esperança. Penso indispensável essa compreensão para que a leitura da Bíblia se torne vital, não fique na busca de conhecimentos teóricos, ou pior, ideológicos.
– Dom Armando Bucciol

Leitura Orante

A segunda dica é administrar a fé na Leitura Orante da Palavra de Deus

Não precisamos inventar nada, basta recordar as insistentes orientações que a Igreja repete: administrar a fé na Leitura orante da Palavra, usá-la como espelho de vida cotidiana, alimento que precisa ser mastigado, ruminado, pequena semente repleta de vida, em suma, algo que fortalece e ilumina.
– Dom Armando Bucciol

Grupos de Reflexão

A terceira para viver a proposta do Mês da Bíblia o ano inteiro é a formação de grupos para rezar e estudar a Palavra de Deus.

Proponho que se formem grupos pequenos que pratiquem a leitura orante e o estudo bíblico partilhando experiência de vida fecundada pela Palavra. Não excluo o estudo com profissionais da Palavra, mas que ela entre na normalidade cotidiana e dê sabor e sentido a tudo o que somos e vivemos.
– Dom Armando Bucciol

Arquivos Mês da Bíblia – CNBB

Mês da Bíblia – Bíblias – Edições CNBB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s