Vamos vacinar os jovens primeiro



Por Edilson Carvalho

Esta seria a lógica dentro de nossos pensamentos.

Conforme a OMS temos as seguintes classificações: meia-idade: 45 a 59 anos; idoso(a): 60 a 74 anos; ancião: 75 a 90 anos; velhice extrema: 90 anos em diante. Os jovens e adultos ficam na faixa dos 18 aos 44 anos. O Brasil tem 13% de idosos, ou algo próximo de 30 milhões de pessoas, conforme IBGE de 2018.

Brasil tem 210 milhões de habitantes, temos 28 milhões de idosos, abaixo dos 17 anos 50 milhões, sobrando entre jovens e adultos de 18 a 44 anos 131 milhões. (dados podem ser acessados no PNAD 2019).


Conseguimos vacinar com a primeira dose 16 milhões e a segunda dose 4 milhões, ou seja, não conseguimos vacinar ainda nossos ancestrais.

Ao vacinar os jovens primeiro, acreditando que isso irá tornar a população imune, infelizmente é algo que no momento não se sabe, pois mesmo vacinado pode ser acometido do vírus e continuar transmitindo, no ritmo que estamos bem provável que levaríamos bem mais tempo, algo entorno de 1 a 2 anos para vacinar uma população inteira.

Ao se vacinar os idosos primeiro, conseguimos diminuir drasticamente a ocupação hospitalar e as mortes por este vírus. Com a experiência dos 70 anos da OMS e SUS, a eficácia deste método de vacinação como prioridade se deu de forma eficaz. Mesmo assim, alguns insanamente defenderam a vacinação dos jovens primeiro. Alegando ser estes o futuro do Brasil.

Este questionamento mostra uma sociedade doente, antissocial e com total falta de respeito com nossos ancestrais, foram eles que nos trouxeram até aqui, lutaram suas lutas, sofreram para termos o Brasil que temos hoje, passaram por diversas pandemias, guerras, revoluções, miséria, fome, migrações, posso listar uma imensidão de sofrimentos destes nossos amados anciões.

Muitas sociedades onde há respeito por este grupo de avós, os mais jovens tratam deles, doam alimentos e os mantém seguros. Muitas manadas cuidam dos animais mais fracos, dos doentes e mais velhos, com respeito, dignidade que eles merecem. Todavia, nossa sociedade é covarde, sem nenhum pingo de respeito aos nossos ancestrais que deveriam ser tratados como heróis.

Quem ainda acha que se deve vacinar primeiro os jovens, lembre-se de que esta não é a primeira e nem será a última pandemia e espero que seus netos o tratem como vocês querem tratar os meus pais, os meus avós, os meus ancestrais.

Respeito aos meus ancestrais!


Edilson Carvalho – Sociólogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s