Curso de Cidadania e Ação, apoiado por FNS, capacita Lideranças com incidência nas Esferas Governamentais

Em 2019, a diocese do Alto Solimões identificando a necessidade de sua população de exercer funções de cidadania, como a reivindicação de direitos e controle social, promoveu o terceiro módulo do curso “Cidadania em Ação”, de 25 a 27 de outubro, no Município de Tabatinga, sede da diocese do Alto Solimões. O curso que teve a assessoria do Instituto Agostín Castejó recebeu aporte do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS), a partir da mobilização da Coleta da Solidariedade da Campanha da Fraternidade (CF) de 2019.

Com o objetivo de capacitar lideranças organizadas com incidência nas esferas governamentais de poder (Fóruns, Conselhos), com segurança política e autodeterminação (eficiência e eficácia), o curso favoreceu o aprendizado por meio de recursos audiovisuais, trabalhos em grupos (oficinas), subsídios didáticos (apostilas), e atividades complementares em suas respectivas paróquias.

Segundo a coordenação do projeto, após a implementação de ações e atividades propostas no curso – que é sequencial -, houve a abertura de um novo horizonte de compreensão e conhecimento por parte dos participantes. “Podemos dizer que até o momento os resultados tem sido satisfatórios em todos os aspectos. Primeiro porque apesar das distâncias onde navegam dias para chegar ao local do curso a participação foi muito boa, onde contamos com a presença de lideranças alegres, contentes e motivadas para continuar estudando”, disseram.

O segundo ponto positivo apresentado pela coordenação foi o de que as lideranças participantes do curso são atuantes nas diversas pastorais da Igreja, onde já exercem uma missão em defesa da vida em sua comunidade de origem. “Essa base credencia os mesmos para atuarem nas esferas de incidência política, onde exige um comprometimento profético mais eficaz”, afirmaram.

Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

A Campanha da Fraternidade tem como gesto concreto a Coleta Nacional da Solidariedade, realizada no Domingo de Ramos nas comunidades de todo o Brasil. Os recursos são destinados aos Fundos Diocesanos e Nacional da Solidariedade, que apoiam projetos sociais relacionados à temática da campanha de cada ano.

Em 2019, o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) distribuiu a quantia de R$3.814.139,81, atendendo a mais de 238 projetos. Em 2020, por causa da pandemia, não ocorreu arrecadação. Conheça alguns projetos apoiados pelo FNS. O portal da CNBB está divulgando, desde o dia 10 de fevereiro de 2021, uma série de matérias sobre cada um dos projetos apoiados em 2019.

Desde 2018, o FNS disponibiliza um site onde é possível acompanhar e saber como anda a evolução da prestação de contas de cada projeto, por meio do Portal da Transparência que pode ser acessado pelo endereço: www.fns.cnbb.org.br. Nele, há uma relação completa dos projetos aprovados.  A CNBB também presta contas ao Ministérios da Cidadania e Justiça do Governo Federal, ao Ministério Público e ao Conselho de Assistência Social (CAS).

Fonte: CNBB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s