Fontes Franciscanas – Legenda dos Três Companheiros: Legenda Trium Sociorum

Legenda Trium Sociorum

[Rubrica]

Estes são alguns escritos feitos por três companheiros do bem-aventurado Francisco, sobre sua vida e comportamento quando se vestia como secular, sobre sua admirável e perfeita conversão, e sobre a perfeição da origem e do fundamento da ordem nele e nos primeiros frades.

[Carta]

1.
1 Ao reverendo pai em Cristo, Frei Crescêncio, por graça de Deus ministro geral, Frei Leão, Frei Rufino e Frei Ângelo, outrora companheiros, embora indignos, do beatíssimo pai Francisco, prestam a devida e devota reverência no Senhor.
2 Como, por mandato do capítulo geral próximo passado e vosso os frades devem dirigir a vossa paternidade os sinais e prodígios do beatíssimo pai Francisco que souberem ou puderem encontrar,
3 pareceu a nós, que embora indignos convivemos com ele por muito tempo, alguns poucos dos muitos gestos dele que vimos por nós mesmos ou pudemos saber por outros santos frades,
4 e especialmente por Frei Filipe, visitador das senhoras pobres, por Frei Iluminato de Arce, Frei Masseu de Marignano e Frei João companheiro do venerável pai Frei Egídio
5 que teve muitos desses fatos do próprio santo Frei Egídio, e de Frei Bernardo, de santa memória, primeiro companheiro do bem-aventurado Francisco, comunicar a vossa santidade tendo a verdade por princípio.
6 Não contentes de narrar só os milagres, que não constituem mas mostram a santidade, mas também os fatos insignes de seu santo comportamento
7 e querendo mostrar a vontade do piedoso beneplácito, para louvor e glória do Sumo Deus e do referido pai santíssimo, e para edificação dos que quiserem imitar seus vestígios.
8 Mas não escrevemos estas coisas em forma de legenda, uma vez que já foram feitas legendas sobre sua vida e os milagres que Deus fez por meio dele,
9 mas colhemos como de um prado ameno algumas flores mais bonitas, à nossa escolha, sem seguir uma história contínua,
10 mas deixando muitas coisas que foram colocadas seriamente nas preditas legendas com uma palavra tão verídica quando clara.
11 Podereis mandar inserir nelas estas poucas coisas que escrevemos, se parecer justo à vossa discrição.
12 Pois achamos que, se estas coisas fossem conhecidas pelos varões veneráveis que redigiram as referidas legendas, não as deixariam absolutamente de lado, enfeitando seu discurso com pelo menos uma parte delas, deixando-as para a lembrança dos pósteros.
13 Que vossa paternidade goze sempre de íntegra saúde no Senhor Jesus Cristo, em quem nós, vossos filhos devotos, humilde e devotamente nos recomendamos à vossa santidade.
14 Datada em Grécio, em 11 de agosto (no terceiro dia dos Idos de agosto) do ano do Senhor de 1246.

Fonte: Capuchinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: