Quando a apologética fere a caridade

Por| Hermes de Abreu Fernandes

A redescoberta da prioridade da Graça, acima de tudo, ajuda-nos a encontrar a atitude certa para com a Igreja. A Igreja é desconhecida e rejeitada por muitos porque é considerada quase unicamente como uma organização humana, com suas leis, os seus rituais e as incoerências de seus ministros. Na tentativa de retificar este erro, nós frequentemente o reproduzimos, porque permanecemos no mesmo nível dos adversários, que não é o da Graça, mas sempre e unicamente o das obras: um aglomerado de debates apologéticos, agressivos em sua veemência. Quando a defesa da fé fere o coração do outro, frustra a Caridade. Entretanto, fora da Caridade não há Deus.

A Caridade fraterna entre os pelejadores ideários deve estar em primeiro lugar, concomitante com a Verdade que se defende. O orador que ironiza, agride, desmerece o pensar do outro; não respeita o pensamento deste e nem mesmo sua pessoa. Antes de vencer um debate de ideias, devemos pautar nossos argumentos em sentimentos primários, essenciais à Graça de Deus. Sobremaneira, a Caridade.

Há uma facilidade grande, pelas novas mídias, de se apregoar pensamentos. Com estes avanços tecnológicos, os apologetas também deram asas às mentes. Apologetas bem intencionados, mas mal educados. O que era para ser instrumento da Graça, torna-se seu paradoxo, desgraça. Pessoas inflamadas pelos discursos de ódio. Causas que sobrepõem-se a dignidade humana. Esquecemos a solidão do calvário, na qual devemos prioritariamente nos identificar, para abraçar o calor do debate do pretório, aliando-nos a Caifás e seu párias.

Quando nos sentimos suscitados à defesa da fé, devemos – antes de mais nada – nos deixar seduzir pelo chamado primeiro de Jesus: Amar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s