Qual é a tradução correta para o final de Apocalipse 17,8?

Por| Luiz da Rosa

Como temos sublinhado aqui no site, a tradução de uma língua muito distante da nossa, inserida também em um contexto antigo e tipicamente semítico, não é uma tarefa simples. Há algum tempo atrás haviam aproximações, principalmente porque à base das traduções estavam versões não tanto fiéis. Hoje, ao invés, existe muito mais escrúpulo e o resultado das pesquisas estão à disposição de todos, sem contar a disponibilidade de um grande número de estudiosos das línguas bíblicas, dispostos a colaborar nos projetos de tradução, situação que não existia há poucas décadas atrás. Portanto, as versões atuais da Bíblia, principalmente aquelas promovidas por grandes entidades e/ou editoras, são bastante confiáveis.

Em relação ao livro do Apocalipse, a tradução é ainda mais difícil, pois estamos diante de um texto simbólico, cheio de imagens estranhas para nós, cujas conexões perdemos e não nos resulta de imediata compreensão.

Mas vamos ao texto que você menciona. No final coloco as várias versões que você nos mandou e assim o leitor pode ter uma panorâmica das diferentes traduções que existem sobre esse versículo. Você quer saber especialmente em relação à seção em que se diz que a Besta “existia, não existe mais, mas reaparecerá”.

Como já fiz em outros momentos, para os que conseguem entender um pouco de inglês, conselho vivamente usar o recurso oferecido por biblehub.com de tradução interlinear. Para esse versículo, confira aqui.

Aqui o problema é a interpretação e não exatamente a tradução. De fato não existe muito problema em relação à tradução. O texto grego usa liberalmente, falando da Besta:

Era (passado de eimi) e não é (presente de eimi) e reaparecerá (parestai – futuro de pareimi).

Os dois primeiros verbos são o verbo ser. O terceiro verbo é uma composição da preposição “para” (próximo, junto) e do verbo “eimi”. O seu significado é “estar sentado junto a” e em outras passagens é usado com o sentido de “estar presente”, “estar perto”, “aparecer”, “chegar”.

Em síntese, a tradução da Bíblia de Jerusalém, citada acima pode ser dita correta, considerando que em português está bem traduzir o grego “ser” com “existir”: A Besta que existia, não existe, mas reaparecerá.

Umas pistas para a interpretação

A Besta pode parecer diferente de Satanás, mas nesse capítulo João reúne nessa personagem todas as forças do mal, incluindo nela também o dragão e o mal personificado em Satanás. Sob essa perspectiva, “existia” se refere ao tempo em que Satanás fazia parte da corte celeste e depois foi expulso de lá, deixando de “existir”. Vai reaparecer. Nessas três situações existe um paralelo com a divindade, com o próprio Deus. Mas o “reaparecer” é algo muito efêmero e não para a eternidade, marcando assim a diferença entre as duas entidades: a Besta reaparece apenas por um breve tempo, para ser punida!

O texto como aparece em algumas versões da Bíblia

  • Almeida Revista e Atualizada, 2010: a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.
  • Almeida Edição Contemporânea – 1990: A besta que viste era e já não é, e subirá do abismo, e irá à sua destruição. Os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá. Bíblia Ave Maria: A Fera que tu viste era, mas já não é; ela deve subir do abismo, mas irá à perdição. Admirar-se-ão os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde o começo do mundo, vendo reaparecer a Fera que era e já não é mais.
  • Bíblia de Jerusalem 1981: A Besta que viste existia, mas não existe mais; está para subir do Abismo, mas caminha para a perdição. Os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos no livro da vida desde a fundação do mundo, ficarão admirados ao ver a Besta, pois ela existia, não existe mais, mas reaparecerá.
  • BÍBLIA para todos Edição Católica: A besta que tu viste existia, mas já desapareceu. Em breve sairá do abismo para sua destruição. E os habitantes da Terra, cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a criação do mundo, hão de ficar espantados ao verem que a besta que primeiro existia e que depois deixou de existir vai aparecer outra vez.
  • Young’s Literal Translation 1898: besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.”

In: https://www.abiblia.org/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s