Vamos conversar?

Por| Hermes Abreu

Ontem recebi um vídeo de um padre acusando os 152 bispos que assinaram carta em oposição à atual estrutura política. Afirma que os mesmos estão promovendo cisma na Igreja. Ora, penso que, aos olhos da razão, este padre anda um pouco necessitado de reciclar sua formação.

Primeiramente, a Carta ao Povo de Deus reforça a opção da Igreja pelos pobres e sofredores. Denuncia a desigualdade social e as omissões dos poderes em relação à caótica experiência que estamos vivendo. Tudo isso, só não sabe quem não quer, está plenamente em comunhão com nosso amado Papa Francisco. Se estão em comunhão com o Papa, não pode se conceber a ideia de cisma. Ao Pontífice, Vicarius Christi, converge o Magistério. Neste sentido, o padre que acusa os bispos em sua atitude profética é, em símile, pouco conhecedor de teologia. Todo o conteúdo da referida Carta ao Povo de Deus está fundamentada em sã hermenêutica das Sagradas Escrituras e Documentos da Igreja, advindos do Magistério.

Em segundo lugar, devemos entender e respeitar todas iniciativas que buscam promover a vida. Não existe uma forma correta de ser Igreja. Aquele que está atento ao Sopro do Paráclito e, com sinceridade, se faz servo do Povo de Deus; assoma ao Mistério de Cristo.

Os radicais, quer sejam progressistas, quer sejam conservadores; sempre farão mal à Igreja. Em se tratando dela, o único radicalismo louvável foi o de Jesus. Deixou-se morrer. E morte de cruz. Diálogo é sinal de fé revestida de maturidade. Quem faz muito barulho, pouco edifica. Não é aos gritos que construímos algo. É pondo mãos à obra.

Estou com os 152 bispos, pois estes estão com o Povo de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s