O Sol há de brilhar

Por| Hermes Abreu

Assim como em Hamlet, podemos dizer “há algo de podre”. Não na Dinamarca. Aqui, na Terra Brasilis. Nosso chão. A esperança remonta à Utopia. Não o sonho ideário. E sim, o pior sentido da etimologia dos sentidos. O sonho intangível, pueril, efêmero. O desejo de ser um país justo, fraterno, humano; tornou-se algo dos contos de fadas. Em nosso labirinto, o Fauno nos amedronta trajando a faixa presidencial. O espírito protetor, torna-se agente do caos. Espectro que o pleito nos conferiu. Eleitores, desejando a moralização do país, assassinaram a esperança de um povo.

Mesmo em tragédias de William Shakespeare, havia sempre possível um fim alvissareiro. Diferente de nossa realidade. Ah, se os palcos fossem nossas existências! Seríamos mais esperançosos. Mortes por amor, soariam mais sãs do que o insano assassínio pela ignorância. Morte aos pobres pela moléstia que nosso Fauno insiste em relativizar. Morte à Natureza, em nome do progresso. Nossos pais choram seus filhos, os filhos choram seus pais e, faunicamente, ele diz: “e daí?”

Esperar contra toda esperança. Por conhecer política? Não! Por esperar a reação de nossas militâncias? Tampouco. Esperar em Deus. Naquele que nos brindou com as mais insólitas libertações. No Egito, na Babilônia, na Síria, em Roma. A voz de Deus clamou em seus profetas. As forças do alto derrubaram reis. Estes que ousaram ser deuses.

Ah, Moisés, onde se esconde? Em que montanha se refugia? Vem, lidera seu povo ao êxodo do desespero à esperança. Das trevas à luz. Da mentira, à verdade. Cumpra-se em nós os cânticos de libertação. Quiçá, o Magnificat. Que caiam os poderosos. Que se elevem os humildes. Que, como nos enunciou Amós, venha o Direito e a Justiça.

Haja em nós esperança. O Sol há de brilhar.

2 comentários em “O Sol há de brilhar

Adicione o seu

  1. O Sol ( deus Tupã), o sol da esperança vai brilhar. Texto perfeito para deixar viva a nossa utopia. Paz e bem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: