Contemplar Deus, calçando as sandálias da simplicidade

Por| Hermes Abreu

Muitos de nossos intelectuais, assim como nossos cristãos católicos mais comprometidos com as questões sociais, manifestam desdém pelas manifestações da religiosidade popular.

Rezar Rosários, Novenas, entre outros sinais da fé, foram substituídos pelos axiomas teológicos mais complexos. Há, também, considerações de nossos religiosos mais comprometidos com a fé engajada. Afirmam que é manifestação de fé do passado. Anacronia. Mais vale comungar a fé e a vida. A bíblia ao lado da realidade. Sim, fé engajada é importante. Fundamental. Outrossim, os valores do povo não podem ser esquecidos.

Podemos estar presentes nas causas do Povo. Junto às suas dores. Seus lamentos. É preciso pensar Deus. Pensar a Igreja. Sempre bom algum conhecimento de teologia, quando possível. Devem ser partilhadas com o Povo de Deus todas as verdades pensadas sobre Revelação e Doutrina.

E o jeito simples de rezar? Ah, por que esquecer? Aquele momento de estar com a Virgem Maria, aprendendo em seu Rosário o Mistério da Salvação, não tem preço! Nunca será ultrapassado o colo de mãe! Nossa Mãe! A primeira Cristã. Nem mesmo o amor aos nossos pais na fé, os santos todos!

Rezar, estudar, lutar. Ser Igreja consciente, formada, engajada; sem perder a sabedoria de nossos antigos de invocar Deus, calçando as sandálias da simplicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: