A Hora da Estrela e a Hora de Deus

Por| Hermes Abreu

Enquanto espero a máquina terminar o trabalho de lavar algumas roupas antes de minha viagem (ou seria um êxodo?), leio – ou volto a ler – “A hora da estrela”, de Clarice Lispector (1920-1977).

Um livro de poucas páginas, apropriado para se ler enquanto se espera. Meditar, sobre tudo e nada. Sobre o outro e eu.

Clarice não se deteve, sua pena não versou claramente, sobre a questão de Deus. Mas há muito dEle no que escreve. Fala de sofrimento, de sofredores. Quem mais conhece o sofrimento e os sofredores, exceto Deus? Basta ler Amós. Fala de simplicidade. Deus não é profundo e simples? Tempestade em brisa leve? Lembremos Elias: Deus não estava no fogo, nem no vendaval, mas na brisa leve.

Há no texto de Clarice um pessimismo confiante. Uma niilismo paradoxal. Ter, no não ter. Grito, no silêncio. Esperança, no desespero. No relacionamento enamorado de homem e Deus há uma verossímil semelhança. Deus é o tudo e o nada. A Verdade, margeada pela falácia. E Ser além do Ser. O Princípio e o Fim. A existência, antes do existir. Metafisicamente, Deus é e isto basta.

Clarice dizia viver sem Deus, mas em seu versar, me mostrou um Deus que ela, somente, não soube expressar.

Assim somos nós. Não sabemos embarcar em palavras a grandeza de Deus e sua essência. Quando o fazemos, não raramente, perigamos margear a falácia. Queremos Deus na Tempestade. No fogo. Ele, sempre, se nos revela na brisa leve. Queremos Deus nas trombetas, nos trovões, a voz dEle se faz no sussurro.

Enfim, queremos Deus na opulência, na riqueza. Outrossim, ao se fazer homem, se revela na pobreza do presépio. No abandono da Cruz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: