Não podemos esquecer a Opção pelos Pobres

Caros irmãos, caras irmãs;
Paz e Bem!

“Há resistências quanto a opção pelos pobres. Esquece-se que a opção preferencial pelos pobres, o clamor por vida, justiça, dignidade e inclusão social não são apenas questões teológicas, sociais, políticas, mas questão de fé e de fidelidade ao Evangelho.” (CNBB: Doc. 105, n. 46)

Motivados por esta exortação de nossos bispos, sigamos nossas vidas na coerência com o Evangelho, anunciando um Deus Libertador para todas as liberdades.

Em nossos tempos, percebe-se um apego excessivo às dimensões espirituais no caminhar da Igreja. Entende-se por Evangelizar uma vivência das devoções e práticas de louvor. Já chegamos ao extremo de alguns movimentos realizarem cruzeiros marítimos de fé. Com shows, pregações e missas. Cruzeiro marítimo é uma experiência só possível de viver aos ricos. Uma prática das elites. Pode-se concluir que há uma Igreja, dentro da Igreja, com opção preferencial pelos ricos.

Enquanto isso, a favelização, o aumento da população em situação de rua, a sonegação de Direitos Fundamentais, avançam aos píncaros. Onde está o real sentido do Evangelho nesta Igreja dos Ricos? O próprio Jesus, citando o Profeta Isaías, disse ter vindo para anunciar a Boa Nova aos Pobres (Lc  4,18).

Sejam a justiça, a paz, a dignidade humana e a integridade da Criação, nossas bandeiras como anunciadores do Evangelho. O que difere disso, são pseudo projetos, meramente humanos e não estão a serviço do Reino.

Abraço Fraterno!

Hermes Abreu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: