Sobre o terço, o Papa e Lula

Por Hermes A. Fernandes

Gerou-me profundo desconforto o debate acerca da notícia, ou falsa notícia, de que poderia ter nosso amado Papa Francisco enviado um terço a Lula.

Na minha avaliação, não estava em debate se tratar ou não de fake news. Estava, sim, a impossibilidade ou a escandalosa possibilidade de ter o sumo pontífice se lembrado do ex presidente, por hora, preso.

Polêmicas jurídicas à parte, a iracúndia que revestiu o debate está embasada na estranheza de que um papa possa ter se solidarizado com alguém em estado de detenção. Não um alguém, mas Lula. Objeto de ódio dos direitistas. Sejam políticos, sejam religiosos. A figura do Papa, neste ínterim, esteve como trincheira nesta batalha dos Senhores do Castelo.

Olhando pelo prisma evangélico, o próprio Jesus disse ter vindo aos doentes e não aos sãos. Em uma hermenêutica diversa, aos pecadores. Sejam eles políticos, apolíticos, ateus, homens e mulheres de fé. Neste raciocínio, pode o Papa ter dado um terço ao Lula encarcerado, ao Ditador da Coréia, ao presidente psicopata dos Estados Unidos da América. Qual escândalo nisso? Estar ao lado dos que precisam da Palavra é a função do Evangelizador. Como nos disse o Profeta Isaías, devemos nos dispôr, sempre, a curar os corações feridos.

Pensando em tudo isto, não importa se nosso amado Papa enviou ou não um terço a Lula. Importa que alguém o fez. Que seja louvado por isso!

Queira Deus que o Evangelho não seja motivo para juízos e condenações. Este anúncio da Boa Nova não está exclusivamente para dignos. Para os santificados. Jesus mesmo foi acusado de cercar-se, preferencialmente, de prostitutas e publicanos. Entendendo isto, não mais cairemos na tentação de debates tão destoantes com o Evangelho.

Se o Papa enviou o terço a Lula, ótimo! Se não o fez, que bom que alguém o tenha feito. Importa que eu, você, todos nós; não o reneguemos à exclusão, como um leproso. Antes de questionar se o terço foi ou não dado a Lula, reze por ele. A misericórdia é a essência do Evangelho.

1 comentário Adicione o seu

  1. Damasceno disse:

    tão perfeito, tão sábio, tão profético!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s